Eu ainda vou...

Anny K. Denardi 0 Comentários


     Eu ainda vou ver a queima de fogos em frente ao castelo da Cinderella. Preparem-se, porque mesmo já tendo visto na internet muitos vídeos do tipo, ali, presencialmente, as lágrimas ainda vão rolar. Eu ainda vou ver a parada dos personagens, notando com alegria como as crianças ficam empolgadas achando que todo aquele mundo mágico é mesmo real. Sabe de uma coisa? Até eu vou achar que é tudo verdade também.

    Eu ainda vou tirar foto naquelas cabines telefônicas vermelhas e atestar que, realmente, elas não tem um cheiro lá muito bom. Vou passear pelas ruas notando cada antiga construção e lembrar das aulas de história do ensino fundamental. Vou até mandar uma foto para o antigo professor dizendo que lembrei daquela prova super difícil que ele deu. Ainda bem, né? Foi o que me deu todo o suporte para conhecer a cultura de lá. Ainda vou tomar um café próximo a London Eye, ouvir as histórias da Torre de Londres e tirar uma foto com os Beatles em pessoa na Madame Tussauds. Aliás, já anotei mentalmente que talvez eu precise de um cartão de memória maior para essa parte!

    Eu ainda vou passear pela Rua Saint Vincent, não de moto como a Amélie no final do filme, mas andando pela calçada até os pés cansarem e pedirem para voltar. Pensando bem, talvez até eu me perca por lá. Eu ainda vou entrar no museu do Louvre como se fosse uma personagem do Dan Brown. Vou passar pelo sorriso enigmático da Monalisa e lembrar da selfie com a Beyoncé, atestar que ela é realmente muito pequena e ser empurrada para ao lado pela multidão curiosa. Ainda vou olhar a Torre Eiffel bem de pertinho, parar para comprar um souvenir e ao virá-lo ao contrário, tirar a mesma conclusão que no final das contas, é tudo made in china mesmo. Vou subir até o topo e respirar o ar parisiense, agradecendo muito por estar por lá. Depois disso, ainda vou voltar.

    Eu ainda vou me surpreender com toda a iluminação da Times Square, me espantar com o tamanho da Estátua da Liberdade, assistir a um espetáculo da Broadway e o ingresso, guardar. Desbravar todos os museus da cidade, lembrar de várias comédias da sessão da tarde e interagir com os esquilos no Central Park. Eu ainda vou experimentar o cupcake de nutella da Magnolia Bakery e a mordida mais lenta do mundo com certeza vai fazer todo o tempo parar.

     Chile, Argentina, México, Alemanha, Irlanda, Africa do Sul, Austrália, China, Japão, Canadá, Itália, Índia e Grécia. Nunca fui. Mas eu ainda vou pra lá.

0 comentários:

Obrigado por seu comentário!